É hora de lutar!

– Defensores de Mega Tóquio

Pensei pela primeira vez em Mega Tóquio no mesmo dia em que fiquei sabendo que a Jambô publicaria Mega City.  Um cenário que juntava tudo (anime, games, mangá; e até cartoon!) em uma única cidade? É claro que tinha que ficar bom!

A bagunça generalizada sempre foi a cara de 3D&T. É este caos que buscamos quando rolamos os dados numa partida de Defensores de Tóquio. Opções que não tenham lógica alguma coexistindo de forma crível em um universo tão bizarro quanto o nosso. E isso funcionava malignamente bem em Mega City, tanto que sempre havia espaço para mais confusão!

Agora, creio que está na hora de Mega Tóquio seguir em frente com as próprias pernas: em um novo (e caótico) cenário para 3D&T. Ele foi imaginado para ser usado como palco para suas aventuras de Defensores e desenvolve-se aproveitando-se de todo um universo de clichês de animes, tokusatsu e da cultura nipônica em si, fazendo com que nossos heróis de colante possam honrar seus salários (e seu nome).

Matérias